? ºC Porto Velho - RO

Notícias

13/11/2019 11:20 www.inforondonia.com.br

Câmara de Rolim de Moura concede Título de Cidadão Honorário ao Pastor Manoel Ângelo Chagas

Fruto de um requerimento de autoria do Presidente da Câmara Municipal de Rolim de Moura, Vereador Dr. Lauro e aprovado por unanimidade, foi concedido na tarde dessa segunda-feira, 11, o título de Cidadão Honorário ao Pastor Manoel Ângelo Chagas, pelos relevantes serviços prestados à sociedade rolimourense, sejam eles na área social, de evangelização e até mesmo como ser humano demonstrado nesses 36 anos de pastorado, evangelização, provações, lutas e renovações e principalmente de amor ao ministério de Deus e à cidade de Rolim de Moura.

Além do Presidente da Câmara e autor do requerimento que outorgou o Título de Cidadão Honorário ao Pastor Manoel, estiveram presentes ainda o homenageado, o prefeito Luiz Ademir Schock, Vereadores Alisson, Aldair, Claudinei, Francisco, Laudeci, Morari e Uender, Pastores da Igreja Assembléia de Deus de diversos setores do município. O Pastor Adarcino Rodrigues, Primeiro Secretário da Ordem dos Ministros Evangélicos de Rolim de Moura (OMEROM), representou os ministros no evento.

 O Pastor Nivan Medeiros representou a Igreja Assembléia de Deus, trazendo um relato da biografia do homenageado. Atendendo a um convite de seu irmão, Pedro Ângelo, desembarcou em Presidente Médici em julho de 1979 e, já em setembro do mesmo ano teve seu ministério reconhecido em Rondônia, sendo empossado na Igreja de Presidente Médici em setembro de 1979. Em 1982, foi consagrado ao Ministério Pastoral pelas mãos do Pastor José Reis, e para sua surpresa um ano depois foi convidado pela Convenção Estadual para assumir a Igreja de Rolim de Moura, tendo tomado posse em 14 de novembro de 1983.

 Atualmente são 15 congregações no perímetro urbano, contando com a sede, 34 congregações nas linhas vicinais, 4 congregações nos setores de Castanheira, Jardinópolis, Migrantinópolis e Nova Estrela. Além das missões no Peru, aldeias indígenas e 13 congregações em Minas Gerais.

 “É uma honra ter sido o autor da propositura, agradeço aos demais pares que por unanimidade aprovaram o requerimento, agradeço a Deus por ter me dado sabedoria e a oportunidade de fazer essa homenagem, mas tenho a certeza de que esse momento só está acontecendo através de uma obra de Deus, realizada pelas mãos do Pastor Manoel Ângelo Chagas, que através da evangelização arrebanhou muitas almas, e através de suas obras sociais contribuiu para a melhoria de vida de muitos cidadãos, trazendo dignidade principalmente, e para isso a pessoa tem que renunciar a sua própria vontade em função de outras pessoas não agindo por interesse, por isso essa justa homenagem”. Disse Dr. Lauro.

 Cidadania honorária é um título de honraria que uma pessoa de importância recebe de alguma localidade. O título de cidadão equipara a pessoa homenageada a uma adoção oficial. A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra natal. Mesmo que um homenageado não tenha nascido ou não resida na localidade, para que se lhe conceda tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele (homenageado) fez, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo da localidade que lhe concedeu tal cidadania.


Novos Atos - RO

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Novos Atos - RO

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo