? ºC Porto Velho - RO

Notícias

12/11/2019 11:29 Texto e fotos: ALE

Igreja Metodista Wesleyana e seus fundadores são homenageados em Sessão Solene na ALE-RO

Na tarde desta segunda-feira (11), a Igreja Metodista Wesleyana e seus fundadores foram homenageados com Voto de Louvor no plenário da Assembleia Legislativa pelos 40 anos de relevantes serviços prestados na área social e na evangelização de Porto Velho.

Para o parlamentar, a homenagem foi um momento único na sua vida, pois afirma que o trabalho realizado pela igreja é de fundamental importância para toda a comunidade católica. “O trabalho social que é feito por essa igreja merece todos os nossos elogios e o nosso reconhecimento. Placa de igreja não salva ninguém, mas o trabalho social, o trabalho de evangelização realizado por essa igreja, esse sim, salva muitas vidas.

O deputado Chiquinho da Emater ressaltou que é sempre um grande prazer receber através das palavras dos homenageados a graça de Deus. “Ficamos muito grato por tudo que a igreja Metodista faz pela nossa gente, pelo nosso povo. Sabemos os trabalhos sociais que vocês fazem, levando esperança e a palavra de Deus e isso sem dúvidas merece ser reconhecido”, disse.

Depoimentos 

O Bispo Sinvaldo Corrêa Coelho, que já atuou na congregação de Rondônia falou da sua felicidade em estar presente em um momento tão importante e ainda com tantos amigos reunidos. “Temos que reverenciar aqueles que foram os precursores da Igreja Metodista Wesleyana. Em 1980, o primeiro pastor reverendo Esdras Rafael Leonor, veio porque uma família de Governador Valadares havia se mudado para Porto Velho e aquela senhora esposa do Doutor José Augusto, que era crente, desejou que iniciássemos a igreja. Esdras chegou aqui e não havia nada e começou os trabalhos na rua Joaquim Nabuco. Os bancos eram caixotes de tomates que à noite viravam camas para ele a esposa dormirem. O coral da igreja era formado de sapos e grilos ”, brincou.

Sinvaldo contou que Esdras era um jovem dinâmico e lutador e que acreditava no projeto de Deus para esse lugar. Ele ressaltou que teve a ajuda de alguns outros membros da igreja como o pastor americano Steve, que morava em Porto Velho, e trabalhava no Instituto Linguístico, e que juntos compraram o terreno na rua Paulo Leal. “Depois de um ano, Esdras recebeu um convite para ir para os Estados Unidos pastorear uma igreja e foi. Veio então, o pastor Saulo Barros que ficou pouco tempo e veio o pastor Isaías Cabral dos Santos, que ficou três anos e meio. Como fruto do pastor Esdras temos a irmã número um, da Metodista Wesleyana, em toda quarta região, que é a irmã Ivonete Queiroz pontes”, rememorou.

Sinvaldo relatou o crescimento da igreja que tem sede em vários pontos de Porto Velho e do interior. “Construímos o primeiro templo e abrimos na Calama, Nova Floresta, Rio Jamari, Candeias do Jamari, Ji-Paraná, Vilhena, Guajará-Mirim, Rio Branco, e tínhamos trabalhos na África e entre os índios Jabuti”, enumerou.

Por fim, ele agradeceu a homenagem prestada pela Assembleia Legislativa de Rondônia à Igreja Metodista Wesleyana. “Minha honra é poder vir e rever amigos e irmão que estavam desde o início e permanecem fiéis até os dias de hoje. Aqueles que estão ausentes por alguma razão, como o irmão Sérgio que está em Uberaba, mas saibam que sempre serão lembrados nos anais celestial. Que Deus nos abençoe essa Casa Legislativa e que faça brilhar sobre ela a sua glória, luz e sabedoria. Que abençoe o estado de Rondônia e que esse Estado cresça e floresça como o estado baluarte na nação brasileira. Deputado Lebrão transmita o nosso abraço ao deputado Laerte Gomes e toda a Assembleia Legislativa de Rondônia”, ressaltou.

Em seu discurso, o pastor Wanderley Batista de Melo agradeceu a Deus pela honra de participar de um evento tão importante para a igreja Metodista Wesleyana. “Vim de Petrópolis para Rondônia e aqui encontrei uma igreja em crescimento. Era o meu primeiro desafio como pastor e vim cheio de vontade de trabalhar e encontrei uma igreja pujante em crescimento liderado pelo pastor Sinvaldo, passei por uma fase de aprendizado e aprendi a amar esse Estado. Hoje digo que fui conquistado por Rondônia e estou feliz em fazer parte de um estado rico, de céu azul e que tem um cuidado especial com a palavra de Deus”, enalteceu Melo.

Fazendo a leitura de trechos do Salmo 106, o pastor Miguel Heitor Lima de Araújo, falou um pouco da sua história com a igreja Metodista. “Fui desafiado pelos meus pais e pelo bispo Calegari para vir para Rondônia e consegui através de Deus, que o chefe do IBGE de Rondônia me requisitasse, eu estava em Nilópolis e vim para cá em 1981. Hoje todo o trabalho que realizei e que realizo na Igreja Central é referência e isso só foi possível graças ao acolhimento de todos”, disse.

Dificuldades

O reverendo Sebastião Calegari Filho que assumiu o comando da igreja, em Porto Velho, em dezembro de 2000, vindo de São Paulo lembrou das dificuldades enfrentadas ao longo desses anos. “Durante, os dois primeiros anos as coisas foram ficando descontroladas no sentido de estrutura física. Havia a venda do Bloco Maria Fumaça na frente da igreja, na rua Paulo Leal, com irmãos chegando para oculto e gente vendendo abadás. Surgiu a necessidade de aumentar a nossa estrutura e encontramos o imóvel da avenida Sete de Setembro com a Marechal Deodoro e hoje temos uma linda igreja”, disse.

Ele ressaltou ainda que a Igreja Metodista Wesleyana tem como marca, atender as necessidades das pessoas e sem uma formatação específica. “Ela respeita a história e a individualidade de cada um. Gostaria de agradecer essa homenagem dedicada pela Assembleia Legislativa. Deus abençoe a todos vocês”, agradeceu.

Destacando um trecho do discurso do deputado Lebrão, o Bispo Joás Cavalcante ressaltou que realmente uma placa não é capaz de salvar, “pois quem salva mesmo é Jesus, e hoje só estamos aqui por causa dele é e nesse sentido de salvação eu quero agradecer essa homenagem em nome do Ministério da Igreja Central que tem uma história linda e que ajudou a história de cada um que está aqui reunido hoje nessa homenagem”, ponderou.

Em suas palavras, o Reverendo Ricardo Alexandre da Silva, agradeceu em nome de todos os pastores e bispo pela homenagem concedida pelo do deputado Lebrão. “Essa sessão de hoje está marcando o início das comemorações dos 40 anos da igreja. Não teríamos chegado aqui se não tivéssemos contado com os diversos pastores, esposas, filhos e líderes e missionárias que ao longo desses anos deram o seu melhor não só pela igreja, mas também pelo reino de Deus”, diz.

Citando Jeremias 29:7, o Reverendo Ricardo Alexandre falou ainda que durante esses 40 anos a Igreja Metodista Wesleyana atuou em diversas áreas sociais em Porto Velho, rompeu alguns estereótipos e acolheu centenas de famílias. “Nosso crescimento não se restringe a estruturas institucionais, essa parte é importante também, mas a nossa gratidão e jubileu a Deus nesses 40 anos e quando olhamos para as nossas conquistas espirituais”, ressaltou.

Ao final da sessão, o deputado Lebrão observou que é muito criterioso na indicação de sessões solenes. “Essa homenagem teve um sabor especial. Estou no meu último mandato e afirmo com toda certeza que esse foi um dos capítulos mais importantes da minha história. Minhas sessões são de homenagens sinceras e não política”, finalizou Lebrão.

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Novos Atos - RO

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Novos Atos - RO

Busca

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo